Rouxinol do Rinaré

Da Wikipedia, l'enciclopedia libera.
Rouxinol do Rinaré

Rouxinol do Rinaré (in italiano Usignolo di Rinaré) pseudonimo di Antônio Carlos da Silva (Quixadá, 28 settembre 1966) è un poeta e scrittore brasiliano, specializzato nella Letteratura di cordel.

Biografia[modifica | modifica wikitesto]

Nato a Quixadá, nello Stato del Ceará, il 28 settembre 1966, si è trasferito, negli anni novanta, a Pajuçara (Maracanaú) e qui ha fondato la rivista Sociarte e i periodici A Porta Cultural dos Aletófilos e O Benemérito, in collaborazione con altri poeti cordelisti.

Pubblica presso l'Editrice Tupynanquim, e i suoi colleghi sono Klévisson Viana, Queiroz de França, Serra Azul, Francisco Bento e Claudio Magalhães. È stato citato anche in Europa (Francia, riviste Latitudes, Quadrant e Infos Brésil). Il suo libro O Alienista em Cordel (Ed. Nova Alexandria) è stato scelto per le scuole di Belo Horizonte.

Ha una figlia diciottenne, Julie Ane, anch'essa cordelista.

È membro dell'Academia Brasileira de Cordel e della Sociarte (Sociedade dos Amigos de Rodolpho Theóphilo).

Opere[modifica | modifica wikitesto]

Cordeis[modifica | modifica wikitesto]

  • O Papagaio Real ou o Príncipe de Acelóis - 16 pag.
  • A astúcia do jagunço Sabino o pistoleiro que vingou sua própria vítima
  • Alì Babà e os quarenta ladrões
  • O capitão de ladrões - 24 pag.
  • O ladrão de Bagdá
  • O folclore brasileiro
  • O Justiceiro do Norte (in due formati: cordel semplice e)- 32 pag.
  • A lenda do Guaranà
  • As bravuras de Donnar o matador de dragões - 32 pag.
  • A história dos martírios de uma mãe iraquiana (2º posto al 2° Concurso Paulista de Literatura de Cordel) (Ed. Luzeiro)
  • Saiona, a mulher dos olhos de fogo - 16 pag.
  • Culto a Baco e orgia – Peleja com Costa Senna
  • CPTM e Metrô — rapidez, segurança e qualidade de vida (1º posto al 1º Concurso Paulista de Literatura de Cordel)
  • Violação — trágica história de Renato e Maria
  • Rachel de Queiroz — vida, obra e um adeus
  • Patativa do Assaré deixa o nordeste de luto
  • Andanças e aventuras do poeta Mário Gomes
  • Oscar Niemeyer, o gênio da arquitetura
  • A história da Praça do Ferreira
  • O testamento de Judas
  • I Festival de Internacional de Trovadores e Repentistas
  • O colar de pérolas e a lenda dos vaga-lumes
  • Dois meninos do sertão e o lobisomem fantasma
  • O valentão Chico Tromba e suas perversidades
  • Raul Seixas e a Sociedade da Grã-Ordem Kavernista
  • O encontro de John Lennon com Raul Seixas no céu
  • Raul Seixas e Elvis Presley — o encontro de dois mitos
  • Raul Seixas e Paulo Coelho — buscando sonho e magia - 24 pag.
  • ABC para lembrar Raulzito e Gonzagão - 8 pag.
  • Raul Seixas um cowboy fora da lei
  • A consciência ecológica na obra de Raul Seixas - 8 pag.
  • Os empreendedores
  • Mostra de Cinema Rosemberg Cariri (foglietto promozionale)
  • O artista da rima (al poeta Severino Batista)
  • IBGE — Competência e credibilidade por um Brasil melhor mais desenvolvido
  • Seu Lunga o rei do mau-humor - 16 pag.
  • O esperado encontro de Coxinha com seu Lunga - 16 pag.
  • Salomão e Sulamita — o cântico erótico do amor - 16 pag.
  • Os grandes feitos de Rodolfo Teófilo
  • Respostas de Zé Charada no reino dos sabichões
  • Os mistérios dos perfumes
  • Rodolfo Teófilo — o Varão Benemérito da Pátria (collaborazione con Serra Azul)
  • A história completa de Lampião e Maria Bonita (collaborazione con Klévisson Viana)
  • O grande encontro de Camões com Salomão (collaborazione con Serra Azul)
  • O profeta Daniel e o sonho que o rei esqueceu (collaborazione con Sebastião Paulino)
  • Antonio Conselheiro e a Guerra de Canudos (collaborazione con Queiroz de França)
  • Peleja de dois poetas sobre a transposição do Rio São Francisco[1](collaborazione con Klévisson Viana)
  • A grande peleja virtual de Klévisson Viana e Rouxinol do Rinaré (collaborazione)
  • A triste história de Catarina e Billy Macarrão (collaborazione con Zé Cariri)
  • A história do filósofo Diógenes, o cínico (collaborazione con Francisco Bento)
  • A história do holandês que inventou a Folkmídia (collaborazione con Klévisson Viana)
  • O casamento do Morcego com a Catita (collaborazione con Arievaldo Viana)
  • Dicas para o sucesso do produtor de caju (collaborazione con Klévisson Viana)
  • Canal da Integração — levando vida e progresso ao povo do Cearà (collaborazione con Klévisson Viana)
  • SEFAZ-Ceará — o futuro é o sol que brilha com as cores do vitral (collaborazione con Klévisson Viana)
  • Os Sertões de Conselheiro, de Euclides e Gereba (collaborazione con Klévisson Viana)
  • Saneamento é saúde (collaborazione con Klévisson Viana)
  • CEREST-Ceará, a saúde do trabalhador em primeiro lugar (collaborazione con Klévisson Viana)
  • São Paulo capital nordeste (parceria Klévisson Viana e Téo Azevedo)
  • Foi voando nas asas da Asa Branca que Gonzaga escreveu a sua história (collaborazione con avri poeti)
  • ABC do peido (*) – 08p.
  • A história dum filho errante e as preces de uma mãe (Luzeiro)
    • Inediti:
  • O reino da torre de ouro (vincitore del Prêmio Alberto Porfírio de Literatura de Cordel Inédita2010)
  • O velho que enganou a morte

Libri[modifica | modifica wikitesto]

  • Um Curumim, um Pajé e a lenda do Cearà (Libro per l'infanzia, Editrice IMEPH-CE, 3ª ed.)
  • O Sapo com medo d'água (Libro per l'infanzia, Editrice IMEPH-CE)
  • O Gato de botas, em cordel (Editrice Escala Educacional-SP).
  • O Alienista, em cordel (Editrice Nova Alexandria-SP).
  • Cordel-Rouxinol do Rinaré (Antologia-Editora Hedra-SP).
  • Cordel: Criar, Rimar e Letrar (in collaborazione con Arlene Holanda), per docenti interessati alla tecnica di produzione del cordel o sul suo uso nelle scuole. Editrice IMEPH-CE
  • A origem do Guaraná (Libro per l'infanzia, 40p. - Ed. Conhecimento-CE)
  • Folclore Brasileiro (Libro per l'infanzia, 24p. – Ed. Conhecimento-CE)
  • Cavalo de Talo, Boneca de Milho (Libro per l'infanzia, Editrice Demócrito Rocha-CE)
  • Povo Marcado (in collaborazione con Klévisson Viana) - Quadrinhos-Ed. Sindicato dos Sapateiros.
  • TRENDS-Sonhando e projetando o futuro (in collaborazione con Klévisson Viana).

Premi[modifica | modifica wikitesto]

  • Medalha Umberto Peregrino, novembre 2004, I Festival Internazionale di Repentistas e Trovatori del Sertão Central (a Quixadá). Omaggio dell'Academia Brasileira de Literatura de Cordel-ABLC, Rio de Janeiro.
  • Ha vinto tre premi nazionali in Concorsi letterari di cordel e nel 2010 è stato omaggiato, nel Ceará, con il Prêmio Alberto Porfírio de Literatura de Cordel.

Note[modifica | modifica wikitesto]

Bibliografia[modifica | modifica wikitesto]

  • Klévisson Viana, Os miseráveis em cordel, São Paulo, Ed. Nova Alexandria, 2008
  • Lilian Melo, Luana Mendes, Não deixem que morra o Cordel: Tradição e Modernidade na Literatura Popular em Verso, São Paulo, 2002

Collegamenti esterni[modifica | modifica wikitesto]

Controllo di autorità VIAF: (EN44028246